Quem somos

Difundir, apropriar e recriar a teoria marxista revolucionária

Difundir, apropriar e recriar o pensamento marxista hoje: é esta a perspectiva das Edições ISKRA, uma editora marxista ligada ao portal Esquerda Diário.

A oito anos da crise capitalista, cinco da primavera árabe, e em meio a um novo movimento de juventude e trabalhadores que emerge em nosso país, que tem se expressado com tudo na dinâmica nacional do país, com as jornadas de junho de 2013 e de outro lado o recentemente golpe institucional, inaugurando também aqui uma nova etapa da luta de classes, é que a necessidade de retomar as melhores tradições teóricas legadas pelo marxismo faz-se crucial.

Portanto, com as Edições ISKRA pretendemos atender a esse chamado que nos faz a história, neste momento de aceleração dos tempos, oferecendo ao leitor obras clássicas do marxismo, e promovendo outras de jovens e novos intelectuais que se lançam a refletir e elaborar sobre os desafios postos por estes novos tempos.

Nascemos no ano de 2007 em meio aos 90 anos da Revolução Russa, publicando A Revolução de Outubro de Leon Trotsky. Desde então viemos debatendo as distintas estratégias e o vigor do marxismo revolucionário, realizando parcerias com outros editoriais que buscam amplificar este debate, de modo a desenvolver sob a forma de publicações a totalidade revolucionária que caracteriza o marxismo. Neste sentido, publicamos revistas teóricas, como a revista Iskra, livros dedicados ao tema da opressão de gênero, racial e demais questões democráticas, além dos destacados clássicos de Leon Trotsky e Lênin.

Com as Edições ISKRA queremos contribuir para o desenvolvimento e a expressão de uma intelectualidade marxista revolucionária, orgânica da classe trabalhadora, e da juventude e todos os setores que hoje despertam e toma as ruas. Contribuir com entusiasmo e todas as nossas forças para a reunificação entre teoria e prática revolucionária. Que as novas gerações se coloquem à altura de suas tarefas, ao mesmo tempo em que se coloquem em aberto combate com as distintas tendências de pensamento que abandonaram toda perspectiva de transformação para sustentar a ordem social existente!

Sem dúvida é um grande desafio para nós, e entendemos ser estes alguns poucos passos na concretização e desenvolvimento deste projeto, pois partimos de que o marxismo não é um dogma morto, não é uma doutrina acabada, terminada e imutável, mas um guia vivo para a ação. Não se trata, portanto, de ocupar meramente mais um daqueles espaços que hoje vivem adaptados à pretensa “legalização” das ideias do marxismo, ao mesmo tempo em que convivem com todos os tipos de pressões sindicalistas, economicistas e alheias à classe operária e à sua perspectiva estratégica. O fazemos porque estamos conscientes de que novos tempos, exigem novas ideias. E ao contrário de uma doutrina “velha e superada”, como pretendem os ideólogos burgueses, o marxismo demonstra na realidade a sua vigência, e a sua imensa capacidade de atuar como um guia para ação. A potência da aspiração ao fim desta sociedade baseada na exploração do homem pelo homem, que a cada momento desvela ante aos olhos desta geração sua total irracionalidade, começa a irromper como parte da realidade vivida.

Colocamo-nos ao lado da tradição exemplar na luta de classes e no comprometimento com o desenvolvimento do marxismo. Colocamo-nos em pé de guerra no debate pela vigência e atualidade do legado marxista e revolucionário de Leon Trotsky. É nesse sentido que trabalhamos hoje para que a nossas próximas publicações se debrucem sobre o núcleo central de seu pensamento, que nos permita aportar para criar bases teóricas mais sólidas para a construção de um partido revolucionário no Brasil.

Difundir, apropriar e recriar o pensamento marxista hoje: que a ISKRA seja parte ativa na reconstrução do marxismo militante e dos combates futuros!

Equipe editorial